24 de setembro de 2018

João, o maestro

Mas chorei (até ficar com dó de mim...) de soluçar e ao ponto de me perguntarem se estava tudo bem comigo. Não conseguia me controlar.

Sempre fui admiradora do músico, pianista, maestro João Carlos Martins. Não me refiro à vida pessoal pois não sei sobre nada, mas enquanto artista, minha deusa quanto amor ele possui pela música! 

Uma paixão com um compromisso de fazer inveja (literalmente).  O filme conta um pouco da história dele, da criança pianista ao renomado ao maestro.

Queria eu, ou melhor, quero eu, ter 30% da obstinação dele para a vida que quer. Buscar meios de sempre me realizar através da minha paixão. Jovem talento reconhecido mundialmente, um acidente, uma violência, dor... E entre os revezes ele segue.

Começar, recomeçar, entender, reaprender, adaptar, aprender, mas nunca aceitar um não que a vida der.


"(...) Longe se vai sonhando demais
Mas onde se chega assim
Vou descobrir o que me faz sentir
Eu, caçador de mim (...)"

5 de julho de 2018

Se for por falta de tchau

ADEUS!

Não sou dada a convenções sociais comuns. Diria até que sou antissocial, não que eu não goste de gente, mas odeio 'ser sociável'.
Não sou obrigada a fazer vontade de ninguém, não sou obrigada a fazer social com ninguém e nem conviver, diga-se de passagem.

E como não ou de mandar recado, é pra você mesmo!

Aí a criatura oi xxx, tchau xxx mal fala comigo, me manda uma mensagem extremamente indelicada e quer que eu azeite o tratamento e ainda termina com um 'já que é assim NUNCA MAIS falo contigo'.

NUNCA MAIS DESDE:

Que se separou?
Que me abandonou fisicamente, emocionalmente e materialmente?
Que me batia quando chegava de noitada irritadinho?
Que arranjou famílias?
Que eu engravidei e você me perguntou se eu tinha casado oi? e vc casou de novo? Ainda não né? Lembra da resposta? DESDE QUANDO PRA FUDER PRECISA CASAR <3 kkkkkk
Que eu tenho uma filha e você só resolveu conhecê-la 'depois que eu terminar de pagar o berço'? Que insistiu pra pagar, falemos a verdade.
Que resolveu ser bonzinho e ligar 1x por semana pro pai depois de 6 DÉCADAS DE VIDA e que a mãe está DOENTE? 

Ou tenho uma opção melhor:  desde que tem uma nova filha do seu agrado branquinha até agora né?
Ou acha mesmo que esqueci daquela foto 3x4 que te dei e você falou: ESTÁ MUITO MULATA. Tenho uma cópia dela até hoje e quer saber? Sempre me achei linda naquela foto 3x4, até hoje a mais bonita.  Demorei a entender o seu 'tão mulata', afinal qualquer mulher de cor só presta pra te servir né?

RACISTA!

Não vou expor o que você já fez (MISÓGINO, MACHISTA, RACISTA, FASCISTA) pois não só sou eu que estou envolvida com isso. 

Mas a melhor parte? 

EU NÃO PRECISO DE VOCÊ! EU NÃO PRECISEI DE VOCÊ! 

EU SOU ADMINISTRADORA, ESPECIALISTA EM CULTURA AFRO-BRASILEIRA, CANDOMBLECISTA, FEMINISTA, DE ESQUERDA, SERVIDORA FEDERAL, TENHO FAMÍLIA E AMIGOS E VOCÊ NÃO CONTRIBUIU EM NADA PRA ISSO!

Só queria colocar pra fora o mimimi que um homem branco, paulista, cristão, de bem, da tradicional família brasileira jogou pra mim hoje.

Mas aqui não KIRIDINHU. Quer ser bom? Vá comprar seu lugar no céu em outra esquina que nessa aqui quem manda sou EU!
 

11 de maio de 2018

Preciso de mais tempo

Tarrrrde!

Antes tarde do que nunca né? Bateu uma vontade de escrever. Na verdade tenho tido muita vontade, mas tempo que é bom pra organizar as ideias ou até mesmo 'chegar aqui' está cada dia mais raro. Abri mão de continuar a leitura de algo pra escrever um pouco. Contar minha vida hahahahaha.

Muitos dias nublados desde a última vez que escrevi, mas também alguns dias na praia, mudanças que aconteceram e vislumbre de novas mudanças (sempre né?). Mas fora isso, algumas entradas e saídas em hospitais (eu e Bia) por motivos diversos, mas hoje só dor de cabeça, fora isso só mais do mesmo.

Nero um javali, Zeca uma paca... 

Quando der volto com mais conteúdo dessa 'dura vida dura'.

Até!

30 de novembro de 2017

Como é difícil ter que decidir

Se tem uma coisa complexa pra mim é tomar uma decisão que pode alterar os rumos de tudo. Gente que angústia. Noites mal dormidas, pensamento longe... O objetivo é claro, mas a meta pode ser alterada. Então manter o rumo até decidir o que fazer né? Seria tão simples se fosse isso hahahaha.

Vamos que vamos. Estudar pra manter o rumo até decidir pra que lado ir. A base sempre será a mesma, as especificidades é que mudam e é aqui que entra a tal dúvida. Essa bifurcação estava me paralisando. Mas não mais. 

A propósito, Beatriz brocou no 6º ano. Que venha o 7º que ela vai brocar de novo! que orgulho!



#estudaratépassar #estudaqueavidamuda 

5 de novembro de 2017

Yes Satan, after today any day




Ontem realizei um dos sonhos que eu tinha: assistir ao show do Ira!

Tirei fotos e fiz pequenas filmagens durante o show. Nada iria traduzir a minha emoção de ver finalmente ao vivo a minha banda (mais paulista meu!) preferida rs.
Bia foi conosco e não esperava que ela ficasse tão feliz. Ela é meu sol! Ouvia muito Ira! e Cascadura na gravidez, óbvio que seria fácil ela gostar de rock rs. Mas não imaginava que ela iria se divertir como de fato aconteceu ela detesta ir pra show, menos de Liniker né? afff rs e ter ficado tão feliz de enfrentar uma fila pra tirar fotos no camarim junto com Edgar e Nasi.

Um momento que jamais irei esquecer, se eu esquecer algo dessa noite né?

 
 Tirei uma foto instantânea do Nasi enquanto ele tirava foto com outra moça (a produção não queria que tirássemos foto com a nossa câmera, mas avisei que eu queria um autógrafo nas instantâneas 😤). 
  Enquanto secava a foto tiramos a foto com Nasi e eu disse a ele: ela é meu sol, eu sou o Girassol e meu marido é minha Tarde vazia. Pedi pra ele autografar a foto dele e foi muito engraçado pois ele queria ver se era ele mesmo na polaroid hahahahaha. 

Pedi para o Edgard tirar foto conosco e ele contou que tem uma #fujifilmInstax (a tal instantânea) também... 

Nasi ofereceu refri pra Bia e ela disse que não gosta, aí foi a parte mais engraçada:
Nasi:então tem frutas, água, pode pegar o que quiser bebê! 
Edgard: Nasi olha o tamanho dessa menina, ela não é mais um bebê.
Nasi: pra mim é sim, uma criança é um bebê!

 


Rimos e pedi uma foto da Bia com o Edgard e pedi para ele autografar. 






Como estou agora? Imunidade no chão, dores de tensão em cada milímetro do meu corpo, pressão mais alta ainda e ainda emocionada. 

Após 1 mês de Bia nascer eles fizeram um show  em Salvador, e por motivos óbvios não fui. Eles separaram e assisti um show solo do Nasi (sorry, mas meu amor é por Edgard e sua guitarra rs), mas não foi a mesma coisa.
Quando estava trabalhando em Barracão soube 1 dia depois do show que eles fizeram em Francisco Beltrão (80km de lá), fiquei muito puta.
13/05/16 eles fariam show em Curitiba e eu estaria para uma reunião do sindicato, mas tinha voo pra casa, afinal dia 14 era meu aniversário (juro que trocava, mas...rs).
Primeiro semestre desse ano teve um show deles aqui e não pude ir por diversos motivos, inclusive por não conhecer direito o local e tal, mas aí me prometi que iria de qualquer jeito no próximo show. E assim o fiz!

Yes Satan, after today any day!
Sim satanás, depois de hoje qualquer dia!