24 de maio de 2011

Comida e música

Olá pessoas!

Hoje "descobri" Filipe Catto e amei! Adorei a sonoridade, as letras...tudinho. Mas essa semana descobri e fiz uma receitinha maravilhosa também, fácil e deliciosa, que segue abaixo:

Músculo na cerveja

1kg de músculo limpo (isso significa sem aquele excesso de gordura absurdo, sim tenho um trabalhinho) e em cubos
bacon a gosto 
1 und cebola picada
4 dentes de alho amassados
2 tomates em cubos
2 und de caldo de carne dissolvidos em 2 xícaras de água fervente
1 lata/long neck de cerveja
4 a 5 batatas cortadas em cubos


Fritei na panela de pressão com um fio de azeite o bacon, a cebola e o alho (nessa ordem porque o bacon frita mais rápido que a cebola e esta mais rápido que o alho, explicado?). Coloquei o músculo, os caldos de carne dissolvidos, os tomates, acrescentei a cerveja e botei pressão, hahaha me sinto a própria manejando essa panela. Depois de uns 30 minutos (que apita claro), tirei a pressão e coloquei as batatas. Cozinhei por mais uns 20 minutos e pronto. Uma delícia. Servi com arroz branco e foi sucesso, fica muito saboroso, vale a pena tentar.

23 de maio de 2011

Tranquilidade

Olá pessoas!

Firme e forte na malhação, na dieta e num monte de medicamentos naturebas. Só não estou suportando o óleo de peixe (trutas canadenses, chique hein?), quando o gosto sobe na garganta é u Ó. E o chá de preciosa? Tem gosto de perfume,rs. Ah, não me pergunte se tomei perfume...sei lá...

Hoje voltei pra esteira, já que o tempo por aqui não permite rua e estou AMANDO. Isso mesmo, estou adorando o tempo aqui em Ilhéus. Apesar das chuvas, que estão mais espaçadas e não tão fortes, está um clima maravilhoso. Variando entre fresco e frio, delícia!

A Bia hoje teve que colocar moletom por causa do frio em casa e eu? De vestidinho e marido de bermuda. Maravilha hein? Nada de calor insuportável, nem de chuva alagadora de ruas,ê felicidade. Se fosse assim sempre eu juro que até pensaria em morar aqui pra sempre difícil,quase impossível.


No mais o final de semana foi muito bom. Saímos pra comer acarajé com a Cris e o Seth (vulgo Zé/Ed) e a Bia experimentou refri. Sim, tava na hora né? Eu digo aqui em casa o seguinte provérbio: o proibido é desejado. E como esse negócio de mentira comigo não dá muito certo, antes que acontecesse dela provar na escola, numa festinha, sem que estivéssemos presente, preferi que provasse conosco, e deu certo, ela nem tomou direito e já disse que não gostou, que prefere suco mesmo. Yes, mamãe 1x0 manias ruins.

Não lembro, mas queria algo...
Kentucky Coktail - bebida de macho
E ontem fizemos um churrasco com o mesmo casal, Cris e Seth, lá na casa deles...e foi pra mais de metro... durou mais ou menos das 12h às 19h, com direito a gringo no samba e marido bebendo Kentucky Coktail, que segundo marido é bebida de macho, por ser forte. Foi ótimo, adorei. Ou melhor, adoramos! 



Uma coçadinha...


Bia e tio Sete se divertiram, ou ela pelo menos, correndo atrás de moscas,rs...sem comentários. 











Tá vendo? Consigo sim ser feliz com pouca coisa, e mesmo sendo resmungona tô tentando levar a vida por aqui.

20 de maio de 2011

Preciosa

Olá pessoas!

Hoje tomei algumas atitudes, não sei o quão válidas, mas tomei. Fui ao homeopata, afinal aos 28 anos, hipertensa e tomando remédio para triglicérides baixarem é o fim. Ou início.

Ao invés de me entupir de mais remédios comecei finalmente o tratamento através da homeopatia e da fitoterapia. O médico me mandou mostrar a língua e me lembrei logo de Marcella (ela teve alguma consulta que mostrou a língua,rs)

Estou com mais esperança por causa deste passo, importante pra mim. A necessidade de melhorar e estou trabalhando para se tornar uma realização, breve.

E por isso preciosa, uma das prescrições do médico, chazinho, cápsulas naturais, gotinhas e vamos que vamos...mais zen e melhorando ;-)

18 de maio de 2011

Almoço 50 minutos

Olá pessoas!

Vamos começar a colocar logo em prática todas as minhas pesquisas, leituras e afins, relacionados a minha vida atual. Adoro comer bem, afinal estou fofa não é a tôa né?

Carne do sol com pirão de aipim

1/2 kg de carne do sol picada em quadradinhos (a que compro não precisa desalgar, mas tem umas que precisam sim, aí coloca no leite gelado, depois usa o leite pra fazer o pirão de aipim ;)
1/2 kg de aipim descascado e lavado
1/2 pac de queijo parmesão ralado (dos bons por favor)
cebola a gosto
manteiga
leite

Preparo:

Esquenta uma boa quantidade de manteiga numa frigideira funda e coloca pra fritar a carne do sol. Se tiver colocado de molho aperta bem ela antes de fritar, pra tirar a água ou leite). Numa panela de pressão coloca o aipim e deixa uns 30min pra ficar bemmm mole. Quando a carne estiver secando coloca a cebola em rodelas pra fritar junto, desliga o fogo e reserva. Quando o aipim estiver cozido, tira a pressão (tem que explicar pra ninguém querer me pegar de porrada depois,rs), escorre e passa no espremedor de batata (como estou sem foi no garfo mesmo). Coloca um pouco de aipim com leite no liquidificador, aos poucos pra ir batendo e não queimar o motor dele e me colocar a culpa, e não deixa muito mole não, a não ser que prefira assim. Mas se vc é chique e tem um processador bate lá...não sei mas acho que funciona bem (invejaaaa). Despeja o aipim na panela, coloca uma quantidade razoável de manteiga, o queijo e fica mexendo até cozinhar. Desliga e almoço pronto. 

Eu fiz pra complementar o almoço, arroz parbolizado e uns tomates para salada. Pronto agora vou buscar a Bia pra comer e dar a nota ;)


15 de maio de 2011

Restaurantes do final de semana

Olá pessoas!

Sim, estou de dieta, mas por favor era meu aniversário! Eu caí de boca em tudo que gosto, e ainda faltou o acarajé hein!

Comecei com filé ao molho de vinho no Balthazar ao som de blues, passei por um café-da-manhã reforçado com direito a linguiça frita na Pão&Mais (onde já foi muito melhor), no almoço uma bela feijoada no Moema, a torta de chocolate com morango (Casa das Tortas - Pituba) e terminei com pizza na Piola, a bruschetta não estava das melhores, mas a pizza!!! Humm delícia, e ainda ganhei um Tiramisú de presente de aniversário.


Ah, a dieta...pois sim, a Dieta Nota 10 será reativada amanhã e com direito a caminhadas já que devido a alguns problemas fiquei impedida de fazer exercícios.


Mas vamos combinar? Se feliz e comer o que gosta é tudo de bom né? Amanhã lá vou eu pro sacolão comprar frutas, verduras e legumes pra "começar" o meu ano novo ;)


Visite e me conte o que achou:


Balthazar - Shopping Cidade, Itaigara
Pão&Mais - Rua das Dálias, Itaigara
Moema - Rua Alagoinhas, Rio Vermelho
Casa das tortas - Rua Clara Nunes, Pituba
Piola - Rua Cons. Pedro Luiz, Rio Vermelho

14 de maio de 2011

Bolo e guaraná...

Olá pessoas!

Precisava vir aqui mostrar as coisas tão boas que me aconteceram nestas últimas 24h. É meu aniversário!!! Quem não sabe? Já contei pra todo mundo várias vezes, coisas que antes não acontecia, tá vou explicar. Passada a infância e a adolescência eu tinha um "trauma" do inferno astral e do meu dia propriamente dito. Afinal nunca dava NADA certo...você acha que isso não é possível? Vamos continuar então...

Dos últimos 8 aniversários, marido ficou fora pelo menos uns 5, a maioria por conta de trabalho, os amigos não podendo estar comigo, Bia chegando e mesmo sendo meu aniversário era Dia das Mães era aí que ninguém me dava atenção mesmo, entre outras coisas. Até que...

Entrei na faculdade em 2008 e conheci uma turma bem agitada e unida. Me "adotaram" e estou com eles firme e forte. Ano passado saí com duas amigas, a Rafa e a Babi e lá no meio do samba (literalmente) chegaram o Fábio, a Marcinha e o Herbert com o recado de Geni que estava cansado demais e tinha mandado o beijo, pronto a "bagaça tava armada". E foi mesmo. Com direito a muito samba, cerveja e chegada às 4h da manhã, coisa rara nos últimos anos. Uma maravilha! 

A partir de 2010 mudei minha forma de encarar meu aniversário, o meu dia, o meu novo ano. Aprendi que nem tudo que queremos, podemos, e vice versa. Marido não estava comigo, mas meus amigos estavam. Minha cumadre não estava comigo, mas estava com um linda pequenina. Minha amiga Kumi não estava, mas estava trabalhando para concretizar seus sonhos. E sei que desejam meu bem e estão ligados a mim, mesmo distantes.

Este ano resolvi mudar. Marquei num bar com blues pra ver a galera pois precisava de algo mais tranquilo, mas deu errado em partes. Aproveitei que já tinha marcado um almoço com o povo no sábado e fui pro bar ouvir blues com marido, e não é que uns amigos que não poderiam ir hoje foram ontem??? Foi ótimo, AMEI. Ouvi uma boa música, conversei sem a preocupação de ter que sair correndo pra nada, comi bem e tive pessoas especiais na "virada da meia-noite" e não, eu não virei abóbora!

Na manhã de hoje tive que sair correndo pra levar marido na pós e ir tomar 
café com mami e Bia. Tivemos um café bem legal, mas claro, nem tudo são flores, e comigo então...Tinha colocado o carro ontem na revisão e iriam fazer a troca do isqueiro que não estava funcionando e não ligava o DVD de Bia (o que me irritou em alguns trechos SSA/IOS) e claro não tive como testar na hora da saída, testei hoje. E como sempre falo, tudo acontece comigo, tudo, sempre!

Fui na distribuidora possessa, ia perder a manhã toda, tinha certeza! Mas mereço ser feliz né? O carro saiu em aproximadamente 30 minutos, mas não sem que eu fizesse uma bela reclamação pelo call center da FORD, também era a 6ª vez que precisava parar por conta deste problema com o carro. 
Passou, resolvido o problema lá fui eu pra casa de mamis pra terminar os "preparativos" do almoço. Fui com Bia às 14h isso porque havíamos marcado a partir das 13:30h. Fábio chegou por volta das 14:30h, enquanto eu dava o almoço de Bia, depois chegaram Marcinha, Herbert e Geni. Um pouco depois a Claudinha e o Sérgio com novas pessoas, e a Sofia, uma linda menininha, tinha que referenciar né?


Claudinha, Herbert, eu, Marcinha, Fábio e Bia espoleta.
Nessa brincadeira até marido apareceu no final do almoço e bateu parabéns. Bia muito esperta me explicou hoje de manhã que mudamos de idade depois de bater parabéns, assoprar a vela, partir e comer o bolo (encomendado lógico, sou aniversariante moderna), ótima esta criança. Saimos de lá umas 17:30h e ficou faltando nossa amiga Susy que (direto de Brasília) não foi ao nosso encontro. Agora a noite saí com mami, Bia e marido pra jantar e terminar em grande estilo o MEU DIA.



Obrigada a todos que me propiciaram estes momentos. Vocês mudaram a forma com que eu vivia a minha própria história. Valeu!
















P.S.: Não sei mexer direito no doidadecasa, se postar algo torto já sabem :-*

6 de maio de 2011

Vamos ganhar presente uhuh

Olá pessoas!

Quem não gosta de presente, apresente-se! Duvido que exista alguém que não goste de ganhar um mimo, uma lembrancinha, du-vi-de-o-dó.

Eu queria de presente de aniversário e dia das mães, já que é tão pertinho, um smartphone lindo, cor de rosa e ganhei! Marido fez a gracinha, mas acabei por escolher o preto, já que o rosa (tom velho se é que me entendem) não era igual o que aparecia na propaganda :-/

Mas sim, voltando aos desejos ainda falta o processador de alimentos (o da Phillips pra ser bem exata), já que o pequeno queimou o motor. Ainda assim já estou muito satisfeita, e não me venha com aquele: ó meu filhinho não precisava... podia não precisar, mas que TODA mãe gosta de ser agradada isso é fato.

E hoje eu ganhei da Bia uma capa para caderno de receitas que ela mesma pintou com nós duas medo e um cartão em formato de brigadeiro será que estou tão gorda assim? Tudo lindo demais é claro. Nada melhor que a filhota fazendo "surpresa" pra mamãe ;)

Lindo meu presente né?
Vamos comemorar o meu dia no Bistrô Tiffany's aqui em Ilhéus, que tem um chef maravilhoso, o Falk, que faz cada comida...hum! De lamber os dedos...

E manhêêê, feliz todo dia! Até porque somos mãe o ano inteirinho, como assim determinaram só um dia pra gente? Nasce gente 1x ao ano???

Feliz dia das mães para as novas mamães que irão parir este ano: Ludmila, Teresa e Synara. Sejam bem-vindas ao clube. Durmam bastante viu? Depois que nasce, adeus sono tranquilo ;-) 


4 de maio de 2011

Lar doce lar.

Olá pessoas!

Não sei se já comentei, mas vir de carro de Salvador para Ilhéus dirigindo sozinha com Bia é uma GRANDE aventura. Qualquer coisa que saia do controle é um perigo!

Como nada é perfeito, sempre acontecem contratempos. Fui testar o dvd portátil, o que finalmente iria nos livrar do "como entreter Bia durante a viagem", o isqueiro do meu lindo Fiesta pifou. Corri no mecânico que nos dá assistência sempre, Lídio Rosa - excelente por sinal, trocaram fusível, queimou de novo, troca de novo...não funciona, deixa pra lá...Assim foi a primeira vez e que ainda consegui um atraso fenomenal, passei 3 horas no trânsito de Salvador até conseguir chegar ao ferry boat, saindo do Imbuí, me atrasei demais. Já no maravilhoso ferry nos informaram que sairíamos em poucos minutos, que durou em torno de 120, isso mesmo, 2 horas, apenas alguns minutos. Quando finalmente consegui chegar na estrada propriamente dita já eram mais de 13 horas. Aí sim começava minha luta contra o tempo, afinal iria escurecer e eu não poderia estar na estrada com Bia né?

Não esqueci não, nós não almoçamos :) comemos lanchinhos (misto quente, sucos, biscoito integral salgado/doce e um salgadinho que ninguém é de ferro) e seguramos bem até Ilhéus.

A pior parte? Ter que parar pra ir ao banheiro e sentir que estava perdendo tempo; me perder em locais que já conhecia, como Ituberá e Camamu, errei o caminho, simples assim. Contar as horas e quilômetros para chegar, ficar com medo de pneu furar (pra isso comprei um compressor para segurar até um borracheiro, sugestão do Lídio), de dar algum problema no carro, dos outros motoristas fazerem alguma barbeiragem e comprometer a nossa segurança...coisas do tipo.

Dessa vez me atrasei menos, mas mesmo assim tinha horário, afinal Bia tinha balé de tarde e não poderia perder a aula! Quer motivo melhor pra voltar? Acabamos chegando 1 hora antes do balé, mas ela desistiu por causa do collant que o pai lavou, mas não secou a tempo :-/ E o melhor de tudo? Almoçamos em Valença, chupamos picolé em Camamu e não me perdi nenhuma vez. Ah! Comprei mais pilhas recarregáveis e elas duraram até chegarmos em casa, entre sonequinhas e dvd tudo correu muito bem ;-) 

Mas não, eu não sou louca por dirigir 370km, aproximadamente, com uma criança. Nada demais. Ficamos sempre nos privando de fazer coisas porque somos mulheres e aí? Eu sempre digo que sou feminina, e não feminista. 

Não sou igual a um homem, aguento menos peso, mas aguento mais dor, afinal somos nós que parimos. Uso salto alto fino e a grande maioria deles jamais conseguiria tal façanha, a não ser drag's, crossdresser, travestis etc...
Mas sou tão boa, ou melhor, quanto qualquer um deles pra trocar um pneu, trabalhar e pegar uma simples estrada com a minha filha e voltar pra casa, e porque não haveria de ser?



2 de maio de 2011

News...pãpãpã

Olá pessoas!

Depois de alguns dias afastada lá vou eu de novo atualizar minha vida, por isso a "trilha sonora" a la JN. Quando estou em Salvador fico assim mesmo, sem tempo pra postar. Aliás fico de mãetorista leva a sinhazinha pra cá, leva pra lá...uma correria louca.

Tivemos aniversário do Rafinha, que Bia adorou, depois a peça: H²O - Uma fórmula de amor, teatro Jorge Amado, que aborda as diferenças entre um badejo e uma dourado que se amam. Claro, a única "diferença" era que o ator do badejo é preto e a atriz do dourado é branca, e como Bia é inteligente ficou me perguntando o porque de eles não poderem ficar juntos, já que eram peixes!!! ;) orgulho da mamãe.

Fomos "conhecer" ao vivo os porquinhos da índia, acho que nem relatei aqui que será o bicho dela né? Ela é apaixonada por cachorro, mais precisamente, Alec e Preston, lá da casa de tia Fafá, e como moramos em um apertamento não há como ter um, além do custo de criação ser maior. Decidimos pelo porquinho...até eu e o marido descobrirmos que não viajam de avião, pelo menos pela Gol. Marido já queria desistir, eu consegui convencê-lo, não sei por quanto tempo de que daremos um jeito quando precisar viajar. Ah, voltando, ela se apaixonou pelo que vimos no shopping e me pediu pra comprar, quando me informaram o preço é claro que nem cogitei a possibilidade. Bia brigou com a vendedora, pois tive que explicar que era muito caro ali e não daria pra comprar naquele momento, e ela repetiu que estava caro, rs.

No shopping encontramos minha sogritcha, que fez a alegria de Bia enchendo ela de mimos. Bia quis ir com a vovó pois estava "com muita saudade dela e do vovô", além do amiguinho que ela ama, o Cauã, e que mora pertinho da vovó.
Pra terminar, no outro dia lá fui eu buscar sinhazinha na casa da tia pra entregar pra tia Cella para ir a outro evento social, menina com a agenda tão cheia que me perco...
A fofa chegou em casa 22h no domingo, já pensou? Eu aqui olhando o relógio, esperando a bonita chegar do reggae, imagina com 15 anos? Ai meu eu!!! Mas ela estava com tia Cella e tio Érico, então tá, tá liberada...