23 de agosto de 2011

É, nada de dona-de-casa "Jedi" ainda (gedai mesmo)

Olá pessoas!

Terei que abandonar a postura de megamãedona-de-casaperfeita. Estou hoje para Maysa pois a catástrofe quase aconteceu. Calma que ninguém morreu , ainda!
Estava com a receita de ambrosia, cedida gentilmente por tia Ná. Isso já tem 1 semana que latejava na minha linda cabecinha ruiva a vontade de fazer o doce. E lá fui eu, toda prosa, me sentindo a tal.

Receita da ambrosia da tia Ná:

2 litros de leite  (integral viu meu povo com mania de diet/ligth)
1 kg de açúcar cristal (isso A-Ç-Ú-C-A-R)
6 ovos (bater as claras em neve e depois ir colocando as gemas, uma a uma)
1/2 limão
Canela em pau (sem trocadilhos) e cravos a gosto

Junte o leite, o açúcar, canela e cravos, leve ao fogo. Enquanto isso prepare os ovos (já escrevi em cima tá?) e junte ao leite. Quando abrir fervura (adoro essa expressão culinária, rs) jogue o suco do 1/2 limão e deixa lá.

Então, foi nesse deixa lá  que lascou em banda. Na minha cuca-ruiva não subiria por causa do limão, mas ledo engano. Subiu. E subiu. E eu entrei em pânico (bem de leve pois Bia tá em casa). Desliguei tudo e fiquei olhando, pensando onde eu tinha errado.

Tá certo, separa uma parte, vai ver que tinha muito (será? dããã) e coloca no fogo de novo. Resultado??? Tchan tchan tchan tchannnnn CLARO QUE SUBIU DE NOVO E MELOU TUDO! Hunpf. Ok, entendi, era pra ser numa panela maior. Liga eu pra tia Ná, que ri pois esqueceu de me avisar (é óbvio que a culpa é minha afinal, como na minha insanidade eu achava que não ia subir???).

Tem nada não. Não ganho o posto de dona-de-casa Jedi (gedai)  mas eles não irão me vencer...amanhã o Malhado me aguarde! Hã? Esqueci de explicar, o Malhado é a Central de abastecimento da cidade e tem preços menos ruins, vou comprar uma panela de dar inveja as quituteiras de plantão.


22 de agosto de 2011

Dois coelhos

Olá pessoas!

Como estão as coisas? Este final de semana o meu "passado" foi visitado e me trouxe lembranças interessantes, além de momentos especiais. Fomos à Vitória da Conquista para que eu fizesse uma prova de concurso e como meu pai mora na cidade aproveitamos para visitá-lo. "Dois coelhos com um cajadada só" literalmente. 

Morei em Conquista por 2 anos com meu pai quando era criança, e tinha algumas lembranças, principalmente da Praça Tancredo Neves, ou praça da matriz (igreja à época católica, hoje evangélica). Desde o meu tempo haviam patos e gansos sempre em busca de pipoca que as crianças até hoje arremessam empolgadas. O primeiro contato de Bia com a cidade foi esse, e é claro que amou. 

Foi interessante ver aquela cena, afinal a alguns anos atrás ou mais era eu quem fazia aquilo, era a minha história sendo revisitada. E por incrível que pareça me emocionou, eu ali com a minha família, marido e Bia, refazendo os meus passos. 

No mais foi tudo tranquilo conhecemos o shopping (lembrando que Ilhéus não tem shopping Bia disse que preferia morar em Conquista) e ontem percorremos um trecho da cidade onde estava a escola que estudei, onde morei, o cemitério que ficava próximo, sentimos o friozinho característico assim como nas minhas lembranças e dormimos de edredom e cobertor, eu ADORO acordar sem estar suada.

E na volta percorremos novamente a Serra do Marçal que é algo assustador pois as curvas são "cotovelos". Paramos em Firmino Alves (sim é uma cidade, perto de Itororó) para comprar carne do sol e voltamos para casa...

Sim, amo viajar, mas voltar pra minha casa é sempre algo muito especial.

15 de agosto de 2011

São tantas emoções...que eu VIVO

Olá pessoas!

Ok, sei que dei "aquela" desaparecida, mas é complicado demais sentar para escrever quando se tem que viver né? (momento piegas total, aff) Passou! Vamos lá começar a atualização.

Fui resolver um babado na minha antiga faculdade, e tentaram me enrolar bem bonitinho, mas como sei ler e tenho mania de ler tudo que encontro pela frente, as letras miúdas não casaram bem com a proposta que me fizeram para retornar para ela, então...Inês é morta! Fui na faculdade atual e ao contrário da antiga me receberam muito bem, e me esclareceram TODAS (coisa rara atualmente) as dúvidas que tinha e que surgiram durante a conversa. Isso é fidelizar o cliente, afinal educação é uma bela e cara mercadoria.

E aí veio mami pra cá, e o aniversário de Bia pra cá pra lá e para todo lugar! UFA...achei que não acabaria nuncaaaaa. Mas foi lindo. Cupcakes - como lembranças, bolo, brigadeiros, surpresinhas e a montagem! Tudo certo, claro que com o megahiper apoio da 'equipe' da produção: Cris, Seth, mami e marido...o que seria de nós administradores sem o chão da fábrica, rs. 

Mas se já era bom, tinha que ficar melhor, são apenas 3 - três, isso mesmo - comemorações para esta pequena. E lá fomos nós jantar no Falk, Bistrô Tiffany's na noite do aniversário dela. Com direito a petit gateau especial e tudo "abrimos" as comemorações. Na sexta-feira seguinte, lá vamos de galera para 'promover' a festa na escola, isso sem contar com toda a pré-produção. Bolo confeitado e cupcakes recheados com ganache e confeitados com chantilly. Não bastando tanta euforia, separa-se o grupo e lá vamos em direção a Salvador, para a 3ª e última festa da "Mônica"

E foi um capítulo à parte. A produção by sogritcha, tia Ná, tia Fafá, tia Ângela como sempre deu o que falar e foi impecável, claro que com sogrão no backstage. Com direito a pintação de parede, animadores, cachorros latindo (afinal Bia queria colocar todos para fora pra que pudessem soltar os cachorros) e a Turma da Mônica (Bia) quase completa, tinha Cebolinha (Cauã), Cascão (Arthur) e Magali (Beatriz).  

Infelizmente não consegui postar as fotos aqui, mas em breve tento reverter.

Muito obrigada a tod@s que permitem que minha filha possa realizar seus sonhos!