30 de janeiro de 2012

Reclamo, mas...

Olá pessoas!

Como sempre  reclamar agora estou aqui para elogiar 'os Iléus' hahahaha

É que daqui da nova casa dá pra ouvir os shows que acontecem na Soares Lopes, principal avenida do Centro. E com isso as festas que rolam no Centro de Convenções (EvaNave, Ivete Sangalo, Chiclete) dá pra ouvir tudinho perfeitamente. Afinal sou mãe e não posso me dar ao desfrute que pena de ficar indo nesses lugares.

E tem também um evento que traz um pessoal do sul, e com isso, queijo colonial (delicious), salaminho magro (incrível mas é verdade) e otras cositas mas. Mas nada do que estão pensando, só compramos um salaminho e o queijo daqui é o de búfala que fiz estoque por causa do preço. Ah, o suco de uva concentrado também é bom. Bia ficou pedindo a 'prova' o tempo todo "quero mais, quero mais" já estava com vergonha, rs.

Também teve um parque de diversões caríssimo mas que jeito  que Bia se divertiu muito, além de ter almoçado o que pediu, lasanha e com sobremesa o petit gateau. Acredito que ela adorou a tarde.

Amanhã começa a saga em busca de uma autorização para Bia fazer uma viagem com os avós paternos. #queDeustenhapiedadedemim

Bom, no mais uma boa semana a todos nós!

P.S.: Comprei um livro Dona Benta, estou encantada, apesar de que muita coisa não poderei fazer tãooo cedo. 

28 de janeiro de 2012

1 semana de borboleta!

Olá pessoas!


Estou a 1 semana implantando  o FLYLady aqui em casa e vou te dizer, estou mortinha pela minha falta de coragem de seguir da forma como mostram no programa.


Estou tentando melhorar, pelo menos marido conseguiu entender o processo e ajudar da forma dele o que já é um bom começo, pra quem só atrapalhava, rs...


A casa está mais limpa e organizada, apesar de não estar do jeito que quero já melhorou sensivelmente Cris Tillia pode vir nos visitar hahahahah 


Semana que vem darei o parecer da 2ª semana.

25 de janeiro de 2012

Ô doutora que tal uma sociedade?

Oi pessoas!


Tive que propor sociedade a nossa fisioterapeuta. Ô, o negócio tá em família o.O


Eu e marido na fisio e Bia lá pentelhando...muitas aplicações de laser e ultrassom agora começamos os exercícios. Pra mim tá moleza, afinal flexibilidade não é problema, mas marido. Faz caras e bocas se contorcendo (tadinho rs).


Mas seguimos em frente e por enquanto nada de hidro :(


Firme na R.A. então ;)

23 de janeiro de 2012

Vivo, morto, vivo...?

Olá pessoas!

Pensem numa pessoa cansada. De verdade! Esse método FLYLady ainda não consegui instalar aqui em casa por conta da minha afobação, mas vai rolar em breve.

A casa está sendo arrumada, mas a semana passada o plantão foi duro, bebê! Compras, arrumação, lavagem de roupas, desorganização de malas (depois de quase 1 mês fora de casa) loucura, loucura, loucura!

Não vou desanimar, acho que este ano a coisa 'vai', rs. Para onde ainda não descobri, mas vai sim. Já contei que vou fazer um curso de corte e costura? Estou animadíssima, mesmo pegando 6/7 matérias na facul #AlokaInstalada vai ser o nick de 2012!

E segurem o plantão, bebê que eu devo formar este ano parece até brincadeira mas não deverá ser, amém! e sei que não vai rolar festa, afinal não vou ter $$ pra gastar assim, mas pelo menos terei um diploma hahahahaha

Deixa eu ir dormir que tô muito cansada!

21 de janeiro de 2012

Elas cantam...e eu choro!

Olá pessoas!

Se acalmem, o 'choro' é de pura emoção com os cd's que ganhei de mamis no natal. "Elas cantam Roberto Carlos" é maravilhoso! Lindo! Emocionante!

Não lembro se contei a história mas lá vai. Fui ao nutricionista, cheguei atrasadíssima e estava de TPM. Enquanto aguardava o atendimento estava passando na televisão este dvd. Estava na última música, quando todas que interpretaram, cantam uma música com RC. Mas chorei tanto, tanto, que tenho certeza que a recepcionista deve ter imaginado o tamanho do problema que eu estava passando. Pela cara dela eu devia estar sofrendo muito.

Agora eu explico o que acontece. Quando ouço músicas bem interpretadas, assisto belas peças e filmes, leio coisas bonitas, me emociono. Nada demais.Sou um ser humano com sentimentos por mais que mami tenha me chamado de 'Tereza Cristina' que se emociona com a beleza.

Aproveito e indico para quem quiser apenas se emocionar com as canções das antigas de sucesso do Roberto Carlos, o dvd e os cd's "Elas cantam Roberto Carlos' é mara! Para uma boa dor de cotovelo então é sucesso!

E além do mais preciso assumir que sou piegas, brega, visceral, retrô e vintage! A loka instalada hahahaha. Sempre gostei de música dos anos 50/60/70 e algumas coisas dos anos 80. Então quem quiser me dar presentes já sabe que AMO coisas com visual antigo. Aquele frigobar vermelho/azul da Brastemp novo 'retrô' é sonho! 

Bom, vou ali colocar minha roupa de mãe para ir ao parquinho. 

Para quem acessar primeiro este post PARABÉNS!
 
Você é meu/minha leitor(a) 2.000 olha aí do lado a 'nossa marca'.


18 de janeiro de 2012

FLY - bata as asas borboleta!

Olá pessoas!

Olha eu aqui de novo de volta! Tenho novidades, umas boas e outras que terão que melhorar.

Acho que já contei dos meus joelhos - condromalácia patelar, oi? pois então, é o dito joelho de corredor quem me dera. O que me F#&* é que sinto dor a muito tempo, mas sempre achei que por conta do sobrepeso era isso mesmo.

Então é o seguinte: sentiu dor, não é normal. Procura um médico que te ouça. Ah e pode começar na listinha do plano, pois se não der sorte vai ter que percorrer ela todinha. Faz que nem eu, começa procurando os mais perto, depois os mais longe e se não der jeito pergunte aos amigos :) com estes métodos encontrei: Drº Alessandro (nutricionista), Drº Fábio (ortopedista), Drº Régis (alergologista), Drª Célia (pediatra)...

A fisioterapeuta, que agora toma conta da família, suspendeu completamente toda e qualquer atividade física menos subir escadas pois não tem jeito, moro a 56 degraus do chão! Nada de nadar, fazer hidro, fazer caminhadas. Segundo ela meus joelhos estão inchados juro que achei que tava com as pernas grossas, droga e a inflamação está muito acentuada. Mas ok, estarei firme e forte na R.A. eu acho né? para quando voltar no nut estar 'menos grande' como diz Bia rs.

Tá vim contar de outras coisas e me prendi nas dores. Encontrei um grupo na net que é sobre organização. É isso aí, depois que comecei a tomar conta de casa 'entendi' que preciso de método para administrar e manter uma casa em ordem e limpa. O Fly Lady é isso. Apesar de ser um método norte-americano (hello Cri!) tem um grupo no Brasil Fly Lady Members in Brazil no Yahoo e lá tô eu tentando aprender a prática de coisas que eu já fazia na intuição não basta ser administradora por formação, tem que ter vocação. Estou começando e muita coisa não vou aplicar, bem como alguns métodos serão do meu jeito, mas já sinto algumas mudanças até na forma de encarar os problemas domésticos. 

Ah tem mais. Quem tiver afim de ver meus esforços para voltar ao 40 (38 acho que fico muiiito magra, mas vamos vendo) vai lá no meu Lado D e fica atualizado da minha 'maratona' além de dicas e matérias sobre temas ligados à saúde, bem-estar, etc.

Não deixarei de postar aqui, mas como estou em fase de mudanças/adaptações a rotina que estou impondo ficarei meio distante

Bata as asas e mude de lugar!


P.S.:quanta inspiração hahahahah



Retificado 19/01/12 às 23:14h. A loka aqui esqueceu o nome do próprio blog, tá demais ;)







13 de janeiro de 2012

Suspensão!

Olá pessoas!

Não haverá suspensão do blog, mas com certeza de alguns pensamentos e atitudes.

No último post eu estava deveras cansada de um bando de coisa. Muito exame, muita dor e resultados nada gratificantes. Então dei uma de Rita Lee de novo e 'um belo dia resolvi mudar'.

Ontem fui ao ortopedista levar o resultado dos exames dos joelhos podres, e como era de se imaginar, as cartilagens bemmmm gastas, inflamações e um monte de palavras que não entendo, mas que significam nada de exercícios por um mês. Fiz cara de cachorro pidão caído de mudança em pleno temporal e consegui a liberação para exercícios na água: hidro? - perguntei. Ok - respondeu o médico - e eu emendei...power? Ele riu e nem me deu atenção. Acho que foi uma negativa.

Então continuando nas resoluções de ano novo aqui só começa o ano depois do carnaval, então ainda tô podendo eu decidi que irei cuidar de todas as dores e afins que aparecerem, sim, todas! Isso inclui ter que refazer pela bilionésima vez o tratamento do mesmo dente que quebrou, a obturação que ficou antiga etc, etc.

Afinal apesar dos pesares o ano não começou ruim. Muito pelo contrário. Depois de um 2011 remoso, que mal saí do lugar, naquele sentimento de 2 passos para frente 1 para trás, e ainda assim não desisti, porque haveria de desistir em 2012 que as coisas já começaram só andando pra frente?

Agora vamos às metas:

1. FORMAR - é isso aí, rs. Tenho a possibilidade de formar este ano ainda pelo menos se a facul colaborar, dependo de alguns acertos na grade. Ufa!
2. Fazer um curso de corte/costura. Começo em fevereiro :)
3. Fazer e manter-me na R.A.  -  assim posso voltar a ser uma Alessandrete piada interna.
4. Fazer a fisioterapia do início ao fim e não faltar as últimas 2 sessões
5. Economizar dona-de-casa poupando é ótimo para comprar até o final do ano 3 coisinhas que desejo muiiiito *-*
6. 'Consertar' tudo. Dentes, joelhos e o que vier, ou sobrar ;)
7. Ser tolerante com a dificuldade alheia essa vai ser dureza
8. Me cobrar 'menos perfeição e mais paciência' se a de cima vai ser ruim quero ver essa!
9. Manter o foco para cumprir tudo o que está aí em cima e com isso ficar saudável, gostosa, bem-resolvida e feliz!

Ah! Como adoro esses negócios de números cabalísticos tem o 10, claro:
10. Escrever o blog ladod.blogspot.com voltado apenas para a R.A. e os exercícios.

E que o São Judas Tadeu (Santo dos desesperados e aflitos, das causas sem solução ou perdidas) lá da casa de tia Fafá me ajude ;)

Agora sim, um 2012 maravilhoso para tod@s!






5 de janeiro de 2012

Sim, aceito!

Olá pessoas!

Como foram de passagem de ano? Eu acho quase tudo um saco. A 'obrigação' do encontro familiar é o que mais me chateia, afinal, temos o ano inteiro para dizer o quanto aquelas pessoas são importantes (ou não) e aguardamos para dizer naquele dia. 
Ok! Não estou aqui escrevendo hoje para soltar cachorros em nada nem em ninguém, a minha ideia é de escrever sobre algumas reflexões que tenho feito nas últimas semanas.

Acredito que algumas que leram o 'título' acharam que eu vou casar formalmente, mas não, não é isso também. Até porque é uma das reflexões feitas, mas vamos continuar.

Tenho passado por algumas situações extremamente desagradáveis. Desde a dificuldade de exames, resultados duvidosos e a maratona de médico, dentista,  etc. Além é claro das despedidas. Alguém que me lê sente dor? Mas dor mesmo. Daquelas que começam e não tem fim. Que depois de doses e mais doses o médico tem a plena certeza que você não tem como estar sentindo mais dor. E você lá, remoendo a dor. E você sente. E dói muito.

Pois é assim como me sinto várias vezes. Muitas mesmo! Seja por ter recém tratado um dente que quebra de novo e tem que refazer até a enxaqueca. As dores me acompanham a muito tempo. Tanto que nem lembro quando começaram. A enxaqueca desde a adolescência. E a dor no rim no início da vida adulta e nos joelhos, e nas costas, e durante a gravidez...e por aí vai.  

Cansei de sentir dor. De uma forma que não quero mais nada. Nem tratar nada. Aceito as dores e pronto. Agora só quero voltar pra minha casa em Ilhéus e  acabar com essa agonia de médicos/dentistas/resultados/exames. 

Quero voltar pra minha casa e pronto.