23 de agosto de 2013

Arquiteto, Engº Civil, Pedreiro, Mestre de obras...

E todos que constroem casas, apartamentos e qualquer lugar que tenha BANHEIRO E COZINHA...

Faz favor? COLOQUEM RALO NO BANHEIRO E COZINHA!

Estava eu dando A geral nos banheiros (primeiro o de Bia), com direito a água e água sanitária do teto ao chão e como meu Sekito quebrou, 'achei' que ia conseguir tirar a água com o pano de chão detesto odeio para sempre mas para minha surpresa a água começou a correr pra sala!!! 

Outra coisa para prestarem atenção: FAÇAM A INCLINAÇÃO PARA O RALOOOOO! (isso inclui o box tá?)


Eu que já estava com horário contado tive que parar, tirar as luvas, pegar o aspirador de pó e água, desarmar para pó, armar para água e ir secar a sala, o banheiro... Minha sorte que a um tempo atrás num local que estagiei minha super tinha me falado que morava em casa e que tinha um desse Thanks Manny! e quando fui comprar um pra cá lembrei disso e comprei o meu aspirador para água/pó! 


Então fica a dica pra quem constrói algo:

FAÇAM RALO NO BANHEIRO (FORA O DO BOX, ÓBVIO!) E NA COZINHA! 


13 de agosto de 2013

O pé na rotina

Seja ele consertado ou não, a rotina está se organizando. Entre levar/buscar Bia, ir na fisio, providenciar o que falta a despensa, tá indo, devagar e sempre.

Dessa vez o método Fly não tá rolando porque a bagunça é grande, preciso dinamizar senão me perco em casa.

Todos os dias um pouquinho de arrumação. Já foi o quarto de Bia e o nosso tirando a bagunça alheia viu môre está quase.

Os banheiros organizados não estão, mas já estão limpinhos.

A cozinha, bem... A cozinha é um detalhe à parte. Consegui arrumar os potes e quase as panelas, como uso quase todo o dia todo fica mais difícil um pouco. E tem a questão da limpeza dela, que será feita junto com a sala viva o Sekito,aspirador de água e vassoura (calma môre, não vou me acabar ainda).

A sala será a última. É muito papel e coisa espalhada juntos e ela divide espaço com a cozinha, daí a dificuldade de arrumar.

Mas tá dando certo. Reorganizando uns trecos na área de serviço, esperando marido chegar pra colocar as caixas lá mas quem sabe não fico boa e faço? rs e deixar a casa mais apresentável

E tenho uma difícil e dura missão... onde colocar as garrafas de vinho? Marcella, se quiser me empresDar sua adega pago o frete hehehehehe.

Deixa eu ir aqui que ainda tenho que limpas os vidros, ops esses já foram, varrer a casa, não, peraê, arrumar as camas...já fiz...é tanta coisa que muitas vezes me atrapalho ;)


11 de agosto de 2013

Também quero

Todo mundo nas redes sociais rendendo homenagem aos pais e também vou fazer a minha, hunpf!

Minha homenagem vai ao pai presente, que faz de um tudo para participar da vida de sua filha.

Que deu o primeiro banho fora do hospital.
Que levou pra fazer o teste do pezinho, da orelhinha.
Que segurou para tomar vacinas e fazer exames. 
Que enquanto ela era bebê acordou TODAS as noites para dá-la à mãe para mamar, para trocar a fralda ou só pra ver se estava respirando. 
Que deu banho de rio, de mar, de piscina.
Que faz cosquinha até quando está cansado.
Que ensina andar de bicicleta sem rodinha.
Que vai na reunião da escola.
Que sempre está presente seja da forma que for  nos aniversários.
Que sabe o peso e a altura de cor.
Que acompanha no médico, no hospital.
Que encosta a barriga no fogão pra fazer o brigadeiro na véspera e o recheio do bolo
Que enche bexiga até assar o beiço...

Que ama, demonstra e se deixa amar.

Você é o melhor pai que conheço. 

Parabéns marido! Te amamos!

10 de agosto de 2013

Simplesmente amor

A essa hora eu estava na sala de parto, já preparada, marido segurando minha mão, tentando ver...em 10 minutos ela estaria berrando, avisando pra que veio ao mundo.

Duas noites dormindo apenas 3h. Brigando com marido pra dirigir e ir ali no Centro comprar o que faltou. Pedir, implorar quase chorando para que pudéssemos levar só um bolinho no lanche com brigadeiro, beijinho, coxinha, kibe, bolinhas de queijo, apenas um lanchinho. Afinal ela está ficando mocinha e no 1º ano não tem mais festinha não sei porque essa besteira, hunpf.

A gurizada brodinha não contou nada pra ela e a surpresa foi feita: 'tia apaga a luz senão não é surpresa', 'tia ela tá lá, a pró tá segurando ela, a gente vai gritar surpresa quando ela chegar ou bate logo o parabéns?', 'tia eu trouxe escondido um presente pra ela'...

A expressão de surpresa quando me viu, buscando com os olhos aflitos o pai, até vê-lo atrás da porta e abrir aquele sorriso papai não foi trabalhar só pra bater parabéns pra mim, coisa que ano passado não podeA alegria de ver que é da Monster High, do jeito que ela pediu e sonhou

Jantar no restaurante que ela escolheu. Pedir aquele mundo de comida pra trazer mais da metade só porque ela disse que papai gosta de esfiha, mamãe gosta do kibe, eu quero pão folha e homus... Quem se atreveria a negar esses pedidos? Nem nós.

Se programar para acordar antes dela pra fazer o café e tomarmos antes do papai sair e só ouvir a mãozinha apertando com cuidado a maçaneta pra só acordá-lo e avisá-lo 'tô com fome!' novidade.

Como não amar? Assar pão de queijo, cozinhar banana da terra, espremer uma dúzia de laranjas geladinhas e ver aquele sorriso por causa de uma fatia do bolo e novamente as velas para o parabéns no dia com direito a Nero latindo... Isso sem terminarmos de dormir, mas pra que dormir?

Se despedir do pai, com pesar pois o dia dos pais tá  e nem vai poder beijá-lo amanhã. O tempo virar e ter que se arrumar toda, segunda pele, camisa longa, capote, meia calça, calça jeans e galocha tudo da Monster High, claro só pra almoçar, afinal hoje é o dia dela.

E qual o preço disso tudo? Sono, cansaço, pernas doendo, pé inchado e um coração cheio. Cheio de novas histórias. Cheio de mais um ano de respostas e lembranças e já se foram 7. Que venham mais 7000000000000000... Prometo não dormir enrolando brigadeiro, confeitando bolo e preparando surpresinhas.

Prometo principalmente continuar amando cada dia mais e melhor.

A essa hora ela já estava em meus braços berrando com fome! 
Seja bem-vinda a mais um ano meu amor. 
Nós te amamos!

P.S.: Tia Marcella escreveu sobre minha princesa, vai lá e confere. Prepara o lenço(l). Clica Aqui



2 de agosto de 2013

Adeus?! Não...até breve!

Dados de hoje:

67 dias após a queda. 
Tenho 58 dias em Salvador, desses 55 dias longe de marido.
Foram 30 dias sem colocar o pé no chão, sendo que tenho 37 dias pisando.
Já passaram 45 dias da cirurgia, onde foram colocados 6 parafusos e 1 placa.
Fiz 15 sessões de fisioterapia.

E milhões de agradecimentos....


OBRIGADA