20 de abril de 2017

Tempo de festa

Bora curtir o momento, aproveitar o inferno astral e transformá-lo no céu de borboletas. É muita coisa ao mesmo tempo e tem que correr pra usar bem!

Quando pensava que não teria fim, tudo mudou e a vida me deu um presente. Eu precisava de dias/noites leves. Clima leve. Pessoas leves. E vou sentir falta sim. Adoro a convivência, o papo cabeça, as bobagens e principalmente o clima de cumplicidade e harmonia que tive durante essa gestação. Sim, 9 meses, quase 10! Muita serra, muita neblina e muito sol! Muito medo de cair da moto, medo de fazer coisa errada, medo das escolhas. Medo de ser triste de novo. 

Chegando a hora de ir e vou repetir o que sempre digo aos quatro ventos, adoro trabalhar aqui e com sagalera! Fiz poucos amigos, mas houve quem me cativou em especial, tão parecida a história com rumos parecidos e diferentes, você me entende. Que turma unida (mesmo com as diferenças), somo todos TAE's! Se é pra parar a gente para! Se era pra dar apoio mesmo contra a vontade dos deuses do nosso Olimpo nós demos apoio. 

Obrigada por esse lindo tempo aí, mas sou movimento.

Que comecem as comemorações! Quero almoçar naquele restaurante que jurei pra comemorar. Quero assistir um filme no meio da tarde. Quero festejar!

    

Nenhum comentário:

Postar um comentário